Picnic das Blogueiras e Youtubers de MT

Essas são as Blogueiras e Youtubers de Mato Grosso! Clique aqui e confira como foi esse encontro!

Leia mais

Look Hiroshima

Me arrisquei num novo estilo e super amei, clique e confira!

Leia mais

Probeleza 2016

Veja um pouco desse evento de beleza que aconteceu na nossa capital, clique aqui e confira!

Leia mais

08/12/2016

Viagem by Paulo Jr. - Natal Luz em Gramado/RS - Serra Gaúcha



Todos conhecemos 4 estações. Eu diria que em Gramado, especialmente, há uma quinta: o Natal Luz. Aquela época do ano em que as luzes se acendem em suas mais diversas cores. Já tive a oportunidade de visitar Gramado em 2015 na estação mais romântica e fascinante pra mim: o Outono. A cidade se forra de folhas de Plátanos e Acer, dando um colorido especial por onde se passa e transformando a cidade num cenário especialmente bucólico. Mas admito que ao chegar na cidade, ao passar pelo pórtico já iluminado, pude experimentar uma emoção diferente. Fui envolto por uma áura de magia que deu vida àquela criança interior que um dia acreditou em Papai Noel. Uma das primeiras fotos que fiz, foi da Paróquia de São Pedro, parada obrigatória pra contemplação, registros de imagens, selfies (quem resiste?).


A temporada de magia está aberta para todos nós. Um espetáculo de luzes e cores pra ser contemplado, sentido e vivido por todos nós.


Por onde se anda em Gramado em fim de ano, há luzes por toda a parte. Um espetáculo de luzes muito bem feito pra encantar a todos.


Um dos lugares bastante visitados é o Cinema de Gramado, aonde acontece o famoso festival anual de cinema. Fica na avenida Borges de Medeiros, um dos points badalados de Gramado. Muita gente circulando tranquilamente pelas ruas, com a sensação total de segurança. 


As chamadas ruas cobertas são um charme à parte, são muito badaladas por estarem um dos points de Gramado: A avenida aonde fica o cinema. Uma delas fica ao lado, a outra em frente. São diversas lojas bacanas, vários restaurantes que servem comidas deliciosas. Foi aí que provei pela primeira vez a sopa de champgnon no pão. Uma delícia! 


Durante o dia, contemple o colorido das flores que há em toda a parte.


Fui clicado pela minha amiga pessoal Córa Elise Berlitz, que vive em Gramado, a quem sou grato pela recepção carinhosa. Aliás, vale a pena ressaltar a calorosa recepção que os turistas recebem de quem vive e/ou trabalha em Gramado. 


As crianças se divertem com a total segurança que poucas cidades oferecem.


As ruas e praças de Gramado são lindas. A cidade é muito limpa o que a torna extremamente agradável a estada de quem a visita. Todos que vão, sem exceção, tem a sensação de estar na Europa. O clima da Serra é muito agradável, o que permite longas caminhadas pela cidade sem perder o bem estar.


Uma das opções legais, especialmente para a terceira idade, é o passeio pela cidade à bordo da Fumacinha que tem uma programação para os melhores pontos turísticos da cidade.


É quase imperdoável ir à Gramado e não visitar o fantástico Lago Negro (Eu cometi esse pecado na primeira vez que fui à serra). Originalmente batizado de Vale do Bom Retiro, segundo as informações que obtive no local, sofreu um incêndio que durou 8 dias que devastou grande parte das árvores. O administrador à época, teve um excelente ideia de abrir uma fenda perto de uma vertente, para que a mesma abrigasse as águas e evitasse a destruição total do vale. Para que houvesse a restauração, foram trazidas àrvores da Floresta Negra, na Alemanha, o que por fim acabou conferindo um aspecto europeu ao lugar. E foram plantadas centenas das belas Hortênsias e Azaléias. O vale foi rebatizado de Lago Negro, devido a coloração verde escura da água.
Um dos passeios que se pode fazer no Lago é o pedalinho, ou simplesmente caminhar nas trilhas contemplando o verde exuberante. Foi exatamente o que fiz, caminhei, como sempre gosto e prefiro, e fotografei tudo que pude. 


Uma das coisas que mais gosto em cada lugar que conheço é contemplar, observar as características da fauna e flora. Selecionei apenas essas imagens pra destacar a beleza da natureza local. Destaque para as Hortênsias, presentes em abundância na Serra Gaúcha. Em tempo de primavera, elas nos recebem já na subida da Serra, antes mesmo que a gente chegue à Gramado. Dá um sensação de paz, e o anúncio de que a estada será incrível.


Antes de falar um pouquinho sobre essas atrações, preciso dizer que essas imagens fiz quando fui no outono do ano passado, pois sempre opto em conhecer outros pontos quando revisito o lugar.
Gramado têm muitas atrações turísticas pra se visitar. Há diversos museus super legais para toda a família. Recomendo adquirir combos de ingressos que barateiam o custo do divertido passeio pelos museus e atrações da cidade. Selecionei quatro, dos diversos que fui e que há por lá. O que mais gostei foi a Harley Motor Show, literalmente um show de luzes em neon no seu interior. Por instantes, me senti naqueles bares americanos bem característicos. Há um bar lá dentro muito bacana, muitas motos antigas que contam a história da famosa marca. Deixei pra ir no último dia, poucas horas antes de ter que partir. Mas é tão massa que dá uma vontade de ficar por horas lá dentro. Um outro que é bem legal, especialmente pra quem gosta de carros antigos (Eu! rs) é o Hollywood Dream Cars, que é exposição bem legal dos carros que os astros da meca do cinema americano, possuíam e desfilavam à época (são iguais, não pertenciam à eles) É nítida a excelente conservação dos carros. Há até a moto igual à que o astro Arnold Schwarzenegger usou em um dos filmes "O exterminador do Futuro". Visitei o Museu de Cera, o que sinceramente, acho que há outras atrações bem mais interessantes. Um dos que mais gostei foi "O mundo à vapor". Sua fachada recria de forma colorida o dramático acidente que ocorreu em Paris em que uma locomotiva descarrilhou e ultrapassou as paredes e vidraças. Um ambiente muito bem criado pra encantar crianças e adultos e que nos dá uma chance pra visitar um tempo onde o sistema à vapor estava presente em todo tipo de indústrias. 
Passeio recomendadíssimo! 


Me hospedei na Estalagem Coração da Mata. Um paraíso, define! 
Há muitas opções de hospedagem pra todos os gostos e bolsos. Todos são otimos, apenas recomendo reservas antecipadas especialmente em fim de ano. 


Há dezenas e dezenas de opções de restaurantes pra todos os paladares e bolsos. Mas nem que seja por um dia, quem vai, tem que experimentar a sequência de Fundue: Queijo, carnes e por último, um dos mais aguardados por muitos, o de chocolate! Os restaurantes contam com uma variada carta de vinhos para quem aprecia e cervejas nacionais e importadas para quem prefere. Eu fui de Stella Artois. Há boas opções de comida à quilo pra almoçar, gostei de um restaurante chamado "Vale quanto pesa". E valeu muito pela qualidade, sabor e preço justo.


Fui, voltarei. Sigo recomendando. 
Não perca a oportunidade de conhecer. É tão bom ter boas historias, lembranças e emoções, trazer consigo um pouco de lá, e deixar lá um pouco de si!
Boa viagem e até a próxima.

Imagens: Paulo Jr