Picnic das Blogueiras e Youtubers de MT

Essas são as Blogueiras e Youtubers de Mato Grosso! Clique aqui e confira como foi esse encontro!

Leia mais

Look Hiroshima

Me arrisquei num novo estilo e super amei, clique e confira!

Leia mais

Probeleza 2016

Veja um pouco desse evento de beleza que aconteceu na nossa capital, clique aqui e confira!

Leia mais

04/05/2012

Fotografia Social para Iniciantes – Parte 4


No artigo anterior dei um passo a passo sobre a fotografia de aniversário. Agora, chegou a hora de conhecer um pouco mais sobre a cobertura de casamentos.
O casamento é a menina dos olhos dos fotógrafos sociais. É o evento que requer mais atenção e dedicação para uma cobertura bem feita, e também é o mais lucrativo. Para traçar uma linha lógica e de fácil compreensão, tomaremos como base um casamento católico tradicional, com cerimônia em igreja e recepção em outro local.
O passo-a-passo a seguir é o exemplo de um roteiro bem simples, mas que não vai deixar nenhum momento importante sem registro.

ANTES DE SAIR PARA FOTOGRAFAR, LEMBRE-SE DE CONFERIR TODO
O EQUIPAMENTO, INCLUINDO A CARGA DE BATERIAS E PILHAS!

Cobertura de Casamentos

Decoração

A dica é a mesma do aniversário: explorar. A vantagem para o fotógrafo nessa hora é que a decoração de casamento normalmente é rica em elementos. Procure fazer um bom volume de imagens, variando composição, ângulos, cenas abertas e fechadas, contraluz, e não esqueça de visitar os dois ambientes, igreja e local de recepção.

Aproveite o momento para deixar seus cartões de visita sobre as mesas.

Os primeiros movimentos

Decoração devidamente fotografada é hora de começar o trabalho com pessoas. Neste ponto, o noivo já deve estar na porta da igreja, ansioso, aguardando a chegada de alguns convidados.
Faça o seguinte:

  • Fotos do noivo sozinho, corpo inteiro e meio-corpo.
  • Fotos do noivo com os pais, corpo inteiro e meio-corpo.
  • Se a arquitetura do local render boas imagens, aproveite para registrar alguns detalhes.
  • Fotos gerais da movimentação na porta da igreja, principalmente as reações do noivo.

Fique atento para qualquer comentário do cerimonial sobre alterações de última hora.

A entrada dos padrinhos e do noivo

A cerimônia vai começar oficialmente e os primeiros a entrar são os padrinhos. Normalmente a entrada é coordenada pelo cerimonial. Peça para que a entrada seja lenta, com espaço entre os casais. Isso facilita muito na hora de registrar todos.
Aqui, faça:

  • Fotos de cada casal, corpo inteiro e meio-corpo.

Se houver tempo, procure explorar ângulos em que apareçam os bancos da igreja com os padrinhos do noivo e da noiva.
Em seguida, entrarão na igreja o pai do noivo e a mãe da noiva. Faça:

  • Foto do casal, corpo inteiro e meio-corpo.

Atrás deles, entra o noivo com a mãe. Repita o processo. Aproveite também para registrar as expressões do noivo. Tente captar o nervosismo e a ansiedade.

A entrada da noiva

Com todos em seus lugares, a porta da igreja é fechada. A partir de agora, resta esperar a entrada da noiva, o primeiro grande momento do casamento. Revise o equipamento, veja se está tudo em ordem, se não precisa trocar de cartão de memória ou a pilha do flash. Vá para a rua. Faça algumas fotos da noiva ainda no carro, a saída do carro, e os últimos acertos do vestido no lado de fora da igreja. Peça alguns minutos para poder retornar e ficar em posição para registrar a entrada.

Este é um momento delicado. A porta se abre, uma florista vem na frente e monta um tapete de pétalas. A noiva entra na igreja. Lentamente, acompanhada do pai, ela caminha até o ponto de encontro com o noivo, que segue sozinho para o mesmo ponto. O pai da noiva despede-se da filha e o noivo recebe um cumprimento do pai da noiva, antes de posicionar-se ao lado dela para caminharem juntos até o altar. O pai da noiva segue na frente e rapidamente posiciona-se ao lado da mãe da noiva, enquanto o casal segue lentamente até o altar.

Registre:

  • A entrada da noiva sozinha de corpo inteiro, meio-corpo, em plano aberto com as pessoas em pé nas laterais.
  • A despedida do pai da noiva e o cumprimento ao noivo.
  • O casal lado-a-lado de corpo inteiro, meio-corpo e cena aberta com os convidados nas laterais.
  • A caminhada até o altar.
  • Vá para as costas do casal, e registre eles de frente para o padre, com variações de cenas abertas e fechadas, incluindo o padre, fundo da igreja, pais…

O padre começa a cerimônia. Enquanto ele diz algumas palavras, o casal curte os primeiros momentos juntos no altar. Busque algumas imagens como troca de carinhos e sorrisos. Aproveite também para fazer imagens abertas dentro da igreja.

As alianças

Após um breve sermão, chegam as alianças. Uma criança entra na igreja e vai em direção ao casal. Registre a entrada e a entrega das alianças.

Após algumas palavras e uma benção, o casal troca alianças. Enquanto o noivo coloca a aliança na mão da noiva, e vice-versa, eles dizem algumas palavras.
Registre:

  • O noivo colocando a aliança, corpo inteiro, meio-corpo e detalhe.
  • A noiva recebendo a aliança, corpo inteiro, meio-corpo e detalhe.

Repita o processo quando a noiva estiver colocando a aliança no noivo. Fique atento: é uma prática comum os noivos beijarem a mão um do outro após colocar a aliança.

O beijo

Passada a troca de alianças, vem o momento mais tenso para o fotógrafo: o beijo. Aqui não há muito o que dizer. Fique atendo, faça um pré-foco no casal, e tente registrar da melhor maneira possível. É um momento único, onde não há espaço para erros. Essa foto é obrigatória no álbum de qualquer casal.

O fim da cerimônia

Após o beijo, o casal parte para a assinatura dos papéis.
Registre:

  • Foto individual do ato de assinatura.
  • Foto aberta, mostrando um assinando e o outro ao lado.
  • Foto de detalhe das mãos durante a assinatura.

Depois que os noivos assinam, as testemunhas são chamadas. Registre:

  • Foto individual do ato da assinatura.
  • Foto aberta, mostrando um assinando e o outro ao lado.

Encerradas as assinaturas, é hora da saída. Não há muito o que explicar. Os noivos deixam a igreja seguidos pelos pais, e logo atrás estão padrinhos e convidados. Procure explorar esta parte, com fotos abertas e fechadas.

Enquanto os convidados vão para a recepção, você pode aproveitar os noivos para mais algumas imagens posadas dentro da igreja. Se houver acordo com os padrinhos e pais, segure todos e aproveite o momento para fazer fotos de corpo inteiro e meio-corpo.

A recepção

O mais difícil terminou. Agora, chega a parte simples do casamento. O registro da recepção nada mais é que uma cobertura dos fatos. Tudo o que ocorrer, será registrado. A entrada, os noivos no buffet, o corte do bolo, a valsa…

Fique atendo aos convidados. Podem surgir imagens interessantes da relação deles com os noivos. Explore a decoração para fazer mais fotos posadas com os noivos e convidados. Quando achar que está tudo pronto, recolha o equipamento e deixe a festa. Lembre-se: você não é convidado. Se a sua missão está cumprida, deixa a festa para quem é da festa.
Ao fim de tudo, você deve ter feito pelo menos umas 200 imagens. O suficiente para montar um álbum.

No próximo e útimo artigo, vou dar uma série de dicas para facilitar a vida do fotógrafo social em início de carreira e ensinar como se monta um orçamento simples. Farei ainda uma conclusão da série Fotografia Social para Iniciantes.

Artigo escrito por Thiago Antunes

Fonte: http://www.fotografia-dg.com/

Veja mais: