Picnic das Blogueiras e Youtubers de MT

Essas são as Blogueiras e Youtubers de Mato Grosso! Clique aqui e confira como foi esse encontro!

Leia mais

Look Hiroshima

Me arrisquei num novo estilo e super amei, clique e confira!

Leia mais

Probeleza 2016

Veja um pouco desse evento de beleza que aconteceu na nossa capital, clique aqui e confira!

Leia mais

22/07/2008

Dicas de Beleza - Inverno

Cuidados no inverno
O verão passou, mas o trato com o corpo deve ser o mesmo

Atenção REDOBRADA!!!


Saiba como manter a pele bonita e saudável no Inverno



A estação mais fria do ano está ai e com ela é comum as pessoas relaxarem um pouco em relação aos cuidados com o corpo. Não apenas no sentido da malhação, mas sim ao trato da pele. Mesmo com todos os alertas que são veiculados, existem aqueles que acreditam que o Inverno não causa nenhum tipo de dano. E é justamente aí que está o grande problema. de acordo com o dermatologista Marcelo D'Ambrosio, de Campinas, SP, especialista e sócio-efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia, e especialista da Sociedade Brasileira de Clínica Médica, a pele possui uma camada mais externa, chamada camada córnea, formada por células compactas e preenchida por águas e gorduras. Ele explica que é esta camada que garante a integridade do tecido e a manutenção da quantidade de água do mesmo. "O ressecamento da pele que ocorre nesta época do ano leva a formação de microfissuras na camada córnea, provocando a perda da barreira cutânea contra as agressões externas do meio ambiente e a diminuição da água, facilitando, assim, o aparecimento de doenças associadas a pele seca." Segundo o dermatologista, vermelhidão, coceiras e descamação são comuns aparecem no inverno nas pessoas que no tomam o devido cuidado. "A dermatite atópica, erupção comum nas dobras de crianças, e a psoríase, lesões avermelhadas e descamativas em joelhos e cotovelos, são algumas enfermidades que podem se agravar nesse período. Além disso, a perda de água também reduz a sustentação da pele e facilita o desenvolvimento de rugas", afirma.


Como Evitar?
D'Ambrosio revela que hidratar a pele é a maneira correta para evitar essas alterações decorrentes no inverno e do ressecamento natural que as temperaturas e a umidade mais baixas determinam. "Os hidratantes devem ser aplicados abundantemente duas vezes ao dia, pelo menos, sempre até 03 minutos depois do banho, com a pele ainda úmida."


Ele comenta que esses produtos são divididos em ocluivos e umectantes, sendo que o primeiro tipo ajuda a reduzir a perda de água que ocorre naturalmente por meio da pele. Um vom exemplo é o óleo de silicone. Já o segundo, tem a capacidade de "carregar" água a pele hidratando ativamente, como faz a uréia, presente em muitos hidratantes. "No mercado, a maioria combina em suas fórmulas as duas substâcias, em concentrações diferentes. Assim é viável o auxilio de um dermatologista, pois ele saberá escolher com critério o melhor produto para cada tipo de paciente", diz o médico ao relatar que os sabonetes também devem ser específicos, já que a glicerina pode ressecar a pele. "Uma boa opção para essa época do ano são as formulações de sabonetes em barra ou em líquido com potencial hidratante".


Os idosos, assim como as crianças devem ter atenção redobrada. No caso dos mais experientes, por apresentar um menor conteúdo de água na pele. Já os mais novos, por não contar com uma produção sebácea adequada, pois a atividade dessas glandulas é influenciada pelos hormônios sexuais. "O fato é que todos devem evitar a exposição direta ao frio e ao vento gelado para evitar o ressecamento", ratifica.



Você Sabia?





Protetor a Banho Quente

Engana-se quem pensa que no inverno não é necessário utilizar o filtro solar. Apesar da radiação ultravioleta ter índices médios um pouco menores durante a estação, eles podem ser nocivos a saúde. De acordo com D'Ambrosio, em dias nublados, por exemplo, as nuvens filtram apenas 20% da radiação ultravioleta. "O frio aumenta a tolerância da pele à exposição, diminuindo a sensação da ardência, o que é um sinal de alerta. Por isso, é importante destacar que ficar exposto por mais tempo, mesmo que numa estação onde teoricamente o sol é mais 'fraco', pode ser ainda mais prejudicial, caso a pele não esteja protegida pelo uso adequado do protetor solar". Segundo a dermatologista, lesões cuasadas pela radiação podem ser responsáveis pelo surgimento de manchas, rugas e tumores. "A aplicação dos filtros deve ser igual a que é feita no verão, utilizando produtos com proteção UVB e UVA, reaplicando-o a cada 04 horas, inclusive nos dias nublados", informa o profissional, citando ainda que os lábios também sofrem com o frio, podendo apresentar ressecamento, descamação e vermelhidão. "Eles devem ser protegidos com filtro solar específicos, que hidratam e impedem os efeitos prejudiciais dos raios solares".





Já o delicioso relaxante banho quente, que nessa época costuma ser prolongado, além de ecologicamente incorreto, pode ser considerado um grande vilão, pois com ele a pele perde alguns elementos fundamentais, contribuindo para que ela fique seca. Ele explica que os banhos devem ser rápidos e com água morna, evitando atrito com buchas, o que, aliás, eve ser usado apenas nas axilas, virilias, genitais e pés."Devemos nos secar com toalhs macias,com bom poder de absorção, para que não seja necessário friccionar a pele, o que pode facilitar a perda da barreira cutânea protetora",atesta o dermatologista, que indica os peelings como um bom tratamento para ser realizado no inverno. Aproveite!!!